Aeroporto de Faro com “fornecimento de combustível suspenso”

Aeroporto Avião

Aeroporto de Faro com “fornecimento de combustível suspenso”

A greve dos motoristas de matérias perigosas começou esta segunda-feira e já está a ter efeitos práticos no Aeroporto de Faro.

Segundo a ANA Aeroportos de Portugal, no Aeroporto de Faro “já foram atingidas as reservas de emergência, estando o fornecimento de combustível suspenso, pelas empresas petrolíferas, desde ontem à noite”.

Assim, se for viajar, a responsável pelos Aeroportos em Portugal pede que contacte a sua companhia aérea e verifique que o voo se mantém.

A greve começou ontem e não assegura os serviços mínimos. O Governo aprovou hoje em resolução do Conselho de Ministros uma requisição civil dos motoristas de matérias perigosas em situação de greve.

Recorde-se que a greve abrange “o abastecimento de combustíveis aos aeroportos, bombeiros e portos, bem como o abastecimento de combustíveis às empresas de transportes públicos e aos postos de abastecimento da grande Lisboa e do grande Porto”.

 

Ana Marisa Vieira