Algarve conta com “mais de 19 mil captações privadas” de água subterrânea

Algarve conta com “mais de 19 mil captações privadas” de água subterrânea

De acordo com o CM, a situação de seca obrigou, no ano passado, à “suspensão temporária de novos licenciamentos em oito massas de água subterrâneas, que constituem reservas estratégicas para o abastecimento público”.

Segundo documentos relativos ao processo de revisão do plano de gestão de região hidrográfica do Algarve, que se encontra atualmente em consulta pública, a decisão de suspender a abertura de novos furos abrange os aquíferos de Querença-Silves, Albufeira-Ribeira de Quarteira, Peral-Moncarapacho, Almancil-Medronhal, São João da Venda-Quelfes, Almádena-Odeiáxere, Quarteira e Campina de Faro.

É ainda feito o alerta que “o aumento da atividade agrícola e introdução de monoculturas com grandes exigências de herbicidas e pesticidas pode contribuir para o aumento desta contaminação”.