Brexit: UE avisa que“tudo o que foi assinado deve ser respeitado”

Brexit

Brexit: UE avisa que“tudo o que foi assinado deve ser respeitado”

O negociador-chefe da União Europeia para as relações futuras com o Reino Unido advertiu hoje que “tudo o que foi assinado no passado deve ser respeitado”, quando confrontado com a possibilidade de Londres ‘cancelar’ disposições do Acordo de Saída.

De acordo com o jornal Financial Times, o Governo liderado pelo primeiro-ministro Boris Johnson prepara-se para adotar esta semana legislação doméstica que ‘diluiria’ alguns dos compromissos assumidos pelo Reino Unido no Acordo de Saída firmado com a UE, designadamente sobre o estatuto da Irlanda do Norte e a nível de ajudas de Estado.

É assim mais uma vez num clima de crispação que União Europeia e Reino Unido iniciam esta semana, em Londres, mais uma ronda negocial sobre a relação no pós-‘Brexit’, com o cenário de uma saída sem acordo cada vez mais próximo, face à persistente ausência de progressos.

A fase de transição que foi negociada após a saída formal do Reino Unido da UE, a 31 de janeiro deste ano, e que manteve o acesso do país ao mercado único europeu e à união aduaneira, termina a 31 de dezembro.