Centro Hospitalar do Algarve cobra alojamento a anestesista

Médico Saúde

Centro Hospitalar do Algarve cobra alojamento a anestesista

O Centro Hospitalar do Algarve apenas deu a possibilidade de alojamento num quarto, pago a 20 euros/dia, a um anestesista que se candidatou para trabalhar na região no verão.

O anestesista fez queixa à Ordem dos Médicos já que o Ministério da Saúde anunciou em junho que a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve iria proporcionar “alojamento gratuito temporário para os médicos” que quisessem trabalhar na região durante o verão.

Contactado pela agência Lusa, o bastonário dos Médicos confirmou ter recebido a queixa de um anestesista e entende que se trata de “uma situação inaceitável”, que demonstra um “anúncio falacioso” por parte do Ministério da Saúde.

 

Ana Marisa Vieira