Monsaraz: Comissão de Inquérito impedida de visitar lar de idosos

Monsaraz: Comissão de Inquérito impedida de visitar lar de idosos

A Comissão de Inquérito da Ordem dos Médicos ao lar de Reguengos de Monsaraz foi impedida de visitar as instalações e continua à espera de resposta a um pedido para ter acesso “ao relatório da situação inicial” da Autoridade de Saúde, adianta hoje a TSF.

No relatório, a proibição é justificada com a “desinfeção e remodelação” do edifício.

A falta de condições no lar Maria Inácia Vogado Perdigão Silva foi denunciada com base “em relatos de médicos que estiveram no local durante o surto” e que terão sido ameaçados com um processo disciplinar pelo diretor da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo.

A ministra do trabalho e da segurança social, Ana Mendes Godinho, anunciou esta terça-feira que enviou ao Ministério Público um relatório sobre o lar de Reguengos de Monsaraz em 16 de julho, um mês depois do surto de Covid-19 que fez 18 mortos.