Covid-19: Milhares começam hoje a regressar às aulas presenciais

Covid-19: Milhares começam hoje a regressar às aulas presenciais

As escolas públicas reabrem entre hoje e quinta-feira para receber os alunos do 1.º ao 12.º ano, que regressam ao ensino presencial, interrompido em março devido à pandemia de covid-19.

Professores, estudantes e funcionários vão experienciar uma escola diferente, em relação aos anos anteriores, com um conjunto de regras e normas de funcionamento que foram implementadas para ajudar a manter a escola aberta o máximo tempo possível.

O uso de máscaras é obrigatório para todos a partir do 2.º ciclo, o distanciamento físico será, sempre que possível, de pelo menos, um metro e entre os diferentes espaços da escola, que serão higienizados frequentemente, estão definidos circuitos de circulação.

Estas são algumas das principais regras que foram definidas pelo Ministério da Educação e pela Direção-Geral da Saúde.

Apesar das orientações das autoridades de saúde, o ano letivo é encarado com preocupação pelos docentes e o Sindicato de Todos os Professores (STOP) convocou, inclusive, uma greve para os primeiros dias, até 17 de setembro, a pensar naqueles que considerem não estarem garantidas as condições de segurança.

Hoje, a Federação Nacional de Professores (Fenprof) divulga também um levantamento junto de várias escolas sobre o regresso às aulas.

O primeiro-ministro, António Costa, visita por sua vez uma escola em Benavente, acompanhado pelo ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, que estará à tarde também numa secundária em Abrantes.