Em junho são reabertos concertos em salas fechadas com limite de espectadores

Em junho são reabertos concertos em salas fechadas com limite de espectadores

Álvaro Covões, diretor da Everything Is New, que organiza o NOS Alive e dezenas de concertos de sala por ano, afirmou à Antena 3 que irá anunciar novos espetáculos esta semana.

 

“Daqui a um mês vão reabrir as salas. Até lá, temos de fazer tudo para que os públicos regressem às mesmas, mesmo com lotação reduzida. Temos de nos organizar para garantir trabalho a todos, não só aos artistas. As pessoas têm de ter a dignidade de pelo menos ganharem dinheiro para levarem comida para casa”, defende.

 

“Vamos anunciar espetáculos. Para dias 1, 2, 3 e 4 de junho. Disso podem ter a certeza. Vamos ter de voltar em segurança: para os que estão no palco, os que estão na plateia, os que recebem as pessoas. Mas vai acontecer”, garante.

 

Álvaro Covões reconheceu que a edição de 2020 do NOS Alive dificilmente se realizará, aguardando pela tomada de uma decisão pública por parte do Governo, que o primeiro-ministro remeteu para esta semana.

 

Numa entrevista à RTP, António Costa afirmou que, “com “enorme probabilidade”, não haverá festivais de verão este ano em Portugal.