Festival “O Sol da Caparica” deixa Câmara de Almada com prejuízos

Festival “O Sol da Caparica” deixa Câmara de Almada com prejuízos

A Câmara de Almada revelou esta quinta-feira ter um prejuízo acumulado de perto de cinco milhões de euros com a realização de cinco edições do festival O Sol da Caparica, o que originou a procura de um novo promotor.

 

Em declarações à agência Lusa, o município adiantou que, na edição realizada no ano passado, a câmara investiu 1,7 milhões de euros, mas as receitas foram de apenas 765 mil euros, tendo um prejuízo de cerca de 962 mil euros.

 

De acordo com a autarquia, já “existem interessados” na realização do festival, pelo que em breve irá ser lançado um prazo para a entrega de propostas.

 

Apesar da mudança de produtor, o festival vai manter os “princípios associados à marca”, nomeadamente a promoção de música originária dos Países de Língua Oficial Portuguesa.