ICNF vai lançar uma aplicação para acompanhar a recuperação do lince ibérico

ICNF vai lançar uma aplicação para acompanhar a recuperação do lince ibérico

O Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF) vai lançar uma aplicação para acompanhar os trabalhos de recuperação do lince ibérico no seu centro, em Silves, como substituição de um miradouro que ardeu em 2018.

O Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico não permite visitas do público para que os animais não se habituem à presença de humanos, o que levou à criação de um miradouro que possibilitava, através de binóculos, avistar alguns linces.

À Lusa, Joaquim Castelão Rodrigues, diretor regional do ICNF no Algarve, explica que a intenção é que o público possa visualizar os linces através da tecnologia que permite a monitorização dos cercados com a visualização de imagens, em direto, ou não, a partir do centro, para sensibilizar e aproximar a população desta espécie ameaçada.

Quanto ao miradouro destruído pelo fogo, a intenção é reerguer a estrutura, criando também “uma zona de repouso para caminhantes.