Investigadores da Universidade do Algarve estudam nutrição para cavalos-marinhos inovadora

Investigadores da Universidade do Algarve estudam nutrição para cavalos-marinhos inovadora

Investigadores da Universidade do Algarve (UAlg) estão a estudar a nutrição dos cavalos-marinhos para maximizar a reprodução em cativeiro da espécie.

Segundo o biólogo Jorge Palma, para alimentar os cerca de 500 cavalos marinhos que habitam em tanques na estação do Ramalhete, em Faro, os investigadores têm que capturar diariamente presas naturais

Se os cavalos-marinhos forem alimentados artificialmente, a probabilidade de sobrevivência aumenta. No futuro, este alimento, que pode ser congelado, poderá ser patenteado e lançado no mercado. 

 

Ana Marisa Vieira