Número de trabalhadores rurais infetados com Covid-19 em Faro sobe para nove

Número de trabalhadores rurais infetados com Covid-19 em Faro sobe para nove

O número de trabalhadores rurais infetados com Covid-19 em Faro subiu para nove, sete dos quais da comunidade que permanece em quarentena numa escola e dois de um outro grupo, disse à Lusa o presidente da Câmara de Faro.

Em declarações à Lusa, Rogério Bacalhau adiantou que sete dos infetados integram o grupo que se encontra isolado na Escola Básica de Santo António, em Faro, mas, entretanto, surgiram “mais dois casos” de uma outra comunidade de trabalhadores rurais.

Desde segunda-feira que mais de 70 trabalhadores rurais estão de quarentena em Faro, depois de ter sido confirmado no domingo um caso de Covid-19 envolvendo um cidadão de nacionalidade nepalesa, que trabalha e reside na zona rural do concelho.

Na terça-feira, três destes trabalhadores testaram positivo para a Covid-19, número que subiu entretanto para sete e a que acrescem agora outros dois, de outro grupo, totalizando nove trabalhadores rurais infetados no concelho, segundo um balanço traçado à Lusa por Rogério Bacalhau.

O presidente da autarquia adiantou que as autoridades de saúde têm estado a fazer “o acompanhamento e rastreamento” daqueles casos, nomeadamente, saber “onde trabalham, os contactos que tiveram e a rastrear outros trabalhadores”.

O autarca avançou que estes dois novos casos são de uma comunidade com condições de habitação “melhores do que as do grupo ainda em quarentena”, o que, para já, “não obriga a que tenham de ser tomadas outras medidas”.

Dos nove casos, sete são de nacionalidade indiana, um de nacionalidade nepalesa e outro de naciionalidade paquistanesa, acrescentou.