Projeto europeu ajuda a fomentar mobilidade elétrica no Algarve e Andaluzia

Projeto europeu ajuda a fomentar mobilidade elétrica no Algarve e Andaluzia

O incentivo à mobilidade elétrica em zonas de interesse ambiental e turístico do Algarve e da Andaluzia (Espanha) é a missão do projeto Garveland, desenvolvido ao abrigo do Programa Europeu de Cooperação Transfronteiriça INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP).

Desenvolvido por duas entidades espanholas – a Agência de Energia da Andaluzia e a Federação Andaluz de Municípios – e duas portuguesas – a Associação Portuguesa do Veículo Elétrico (APVE) e a Agência de Energia do Algarve (AREAL) -, o projeto está a “analisar, estudar e criar documentos” de apoio que permitam favorecer a utilização veículos elétricos dos dois lados da fronteira, explicou à Lusa o diretor da AREAL, Cláudio Casimiro.

Ao responsável referiu que o Garveland “visa desenvolver ações entre o Algarve e a Andaluzia para fomentar a mobilidade elétrica, nomeadamente em zonas de especial interesse turístico e ambiental”, como o Parque Natural da Ria Formosa e a Reserva Natural do Sapal de Castro Marim, no Algarve, em Portugal, ou o Parque Nacional de Doñana, na região espanhola da Andaluzia.

O projeto tem uma “verba global disponível de 300.000 euros” e, no final, vão ser produzidos documentos e plataformas eletrónicas para mostrar a oferta de mobilidade elétrica existente nas duas regiões, mas também planos de mobilidade elétrica para essas zonas de interesse turístico ou ambiental e para os municípios.